Montfort Associação Cultural

26 de novembro de 2004

Download PDF

Alma da mulher não é imortal

Autor: André Palma

  • Consulente: Elaniê
  • Idade: 39
  • Localizaçao: Ivaipora – PR – Brasil
  • Escolaridade: 2.o grau concluído
  • Profissão: Digitadora
  • Religião: Católica

Bom dia, li um texto ( duvidoso) onde o autor atribuia a Santo Tomás
de Aquino que, a “alma da mulher não é imortal”. Procede?

Prezada Elaniê, Salve Maria!
 
Sem dúvida! O texto que a senhora leu certamente não traz a sã doutrina de Santo Tomás.
 
A frase: “alma  da mulher não é imortal”, é um si uma contradição. Pois, sendo a alma espiritual e, portanto, simples – não pode corromper-se, ou seja, morrer. Por isso, a alma humana é sempre imortal, seja a de um homem ou de uma mulher.
 
Nossa alma possui 3 principais propriedades:
 
1-     A alma é intelectiva, ou seja, é capaz de compreender.
2-     A alma é volitiva, ou seja, é capaz de querer.
3-     A alma é sensitiva, ou seja, torna nosso corpo capaz de sentir.
 
 
As duas primeiras propriedades são as mais importantes: o entender e o querer.
 
A finalidade do entender é a compreensão da verdade. Nossa inteligência busca a verdade.
A finalidade do querer é aquisição do bem. Nossa vontade quer aquilo que é bom.
 
Esta questão é o fundamento pelo qual todo homem por sua própria natureza tende para Deus – “Homo iure nature tenetur ad Deum”.
 
Pois, qualquer pessoa não se satisfaz com qualquer verdade, nem com qualquer bem.
 
Todo homem busca a Suma Verdade, e o Bem inamissível.
 
Ora, quem senão Deus é esta Suma Verdade e Sumo Bem?
 
Por isso, dizia Santo Agostinho: “sicut anima est vita corporis, ita Deus est vita animae”- (assim como a alma é a vida do corpo, assim também Deus é a vida da alma).
 
Esperando tê-la respondido
 
In corde Iesu et Mariae,
 
André Palma

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Maioria dos pesquisados por jornal italiano apóiam retorno da Missa em latim - Marcelo Fedeli

Cartas: Batismo de crianças

Documentos da Igreja: Immortale Dei

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais