Montfort Associação Cultural

27 de fevereiro de 2008

Download PDF

Agradecimento ao Prof. Orlando Fedeli

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Renato Sabo
  • Localizaçao: São Paulo – SP – Brasil
  • Escolaridade: Superior concluído
  • Profissão: Analista de Sistemas
  • Religião: Católica

Foi principalmente lendo, tempo apos tempo, as palavras duras, porem sinceras e justas do prof. Orlando que finalmente, apos 10 anos longe da Santa Igreja Catolica, que eu senti realmente a vontade, a necessidade de encontrar o Senhor Jesus Cristo, nosso Salvador.

Nao esse Jesus que professam com cantos e dancas profanas, com missas tortas, com celebracoes profanas. O prof. Fideli me deu realmente esperanca de encontrar a Igreja que eu sempre procurei, onde nao existem espectaculos, nem exorcismos, nem milagres instantaneos a contento da multidao.

Eu consegui encontrar uma paroquia onde o Santissimo e tratado com respeito, e sagrada Igreja e respeitada. Obrigado por me colocar de volta, no caminho de Jesus, quando nao tinha mais esperancas prof Fideli.

Continuo sim, sendo pecador como todos somos. Mas agora estou no caminho da Senhor, e da unica e sagrada Igreja e Catolica de Nosso Senhor.

Que Deus o guarde, o abencoe e a todos da Montfort prof. Fideli. O senhor conseguiu resgatar mais uma alma do inferno.

Muito prezado Renato, 
Salve Maria. 

     Dou graças a Deus pelo bem e pelas graças que Ele lhe concedeu ao ler o site Montfort. 
     Só Deus é capaz de converter as almas, usando, por vezes, instrumentos bem indignos. 
     Que Nossa Senhora o guarde sempre fiel a Deus, à Fé e aos mandamentos do Altíssimo.
 
In Corde Jesu, semper, 
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Marcelo Barros - Orlando Fedeli

Cartas: Agradecimento ao Prof. Orlando e a família Montfort

Cartas: Obrigado por mostrar o caminho certo - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais