Montfort Associação Cultural

25 de agosto de 2011

Download PDF

"Agora vamos tratar de trabalho"

Autor: Guilherme Chenta

  • Consulente: Vinicius Reis Castelo Branco
  • Localizaçao: Catu – BA – Brasil
  • Escolaridade: Pós-graduação concluída
  • Profissão: Fisioterapeuta
  • Religião: Católica

Bom dia amigos da Montfort. Salve Maria.

Primeiro quero desejar muita força para todos da equipe e principalmente para a família Fedeli. O professor deixou muita saudade, mesmo para quem o conhecia pouco e a pouco tempo.

 
Certamente temos mais um intercessor no Céu.

Continuem lutando, bravos guerreiros da Montfort.

Agora vamos tratar de trabalho.

1. Por que vocês não emitem boleto de cobrança bancaria direto pela internet, assim fica mais fácil a doação.
 
2. A venta das aulas gravadas e dos livros do professor assim como também outros livros verdadeiramente doutrinários devem esta sendo muito aguardada pelo publico Católico, não percam tempo, confiem na providência de Deus.

A respeito das aulas gravadas só precisa melhorar o áudio do vídeo, não ficou muito bom, talvez por causa da acústica do ambiente onde a aula foi gravada.

Parabéns pelo trabalho que estão realizando, que Nosso Senhor Jesus Cristo conserve vocês assim.

Obrigado pela atenção.
Vinicius Reis.

 
São Paulo, 16 de setembro de 2010
Olá Vinícius, salve Maria!
 
Muito obrigado por suas palavras de incentivo e condolências. De fato, o Prof. Orlando deixou muita saudade. Por favor, não se esqueça de rezar por nós.
 
Agora vamos tratar de doações.
 
1. Por que vocês não emitem boleto de cobrança bancária direto pela internet? Assim ficaria mais fácil a doação.
 
Vamos fazer isso. Mas vai demorar um pouco. Explico.
 
Com o aumento de nossas arrecadações externas por causa do Legado, decidimos abrir uma filial para gerenciarmos de maneira mais eficiente os recursos que estão circulando pela Montfort. A ideia é que essa filial, com contas bancárias próprias, passe a receber o dinheiro de “fora”, isto é, das pessoas que não frequentam nossa sede, enquanto que a matriz fique apenas com a administração da verba de “dentro”, isto é, das pessoas que frequentam nossa sede, de tal modo que possamos honrar nossos diversos compromissos, “cobrando” quem for receber maior parte do benefício.
 
Dou um exemplo prático para ilustrar o que estou tentando dizer. Quando se trata, por exemplo, de pagar o aluguel, o pedido de ajuda é enviado para as pessoas que frequentam a sede da Montfort; quando a questão é fazer vídeos, viajar para dar aulas, reformar o site, etc., o apelo é feito principalmente para nossos amigos, embora tenhamos recebido importantes doações internas para essas finalidades. E por quê? Porque quem frequenta a sede recebe, por exemplo, diretamente o benefício do aluguel, ao passo que quem é de fora não (apesar de toda nossa ação externa, inclusive o site, nascer do convívio em nossa sede); e porque quem é de dentro, tendo todas as aulas presencialmente, é relativamente menos beneficiado pelas vídeo-aulas.
 
(Creio, inclusive, que por todo o Legado de maneira geral, pois ele foi pensado para atender principalmente as pessoas “de fora”, embora redunde numa série de benefícios internos… O Prof. Orlando sempre brincava que só lia o site quem não frequentava a sede: “vocês já ouviram falar do site Montfort?”, dizia ele nas aulas).
 
Em março deste ano, iniciamos o processo de abertura da filial. E a burocracia começou… A papelada voltou do cartório algumas vezes. Quando estava quase tudo pronto, o Prof. Orlando, então presidente, faleceu. Tivemos de arrumar todos os estatutos (matriz e filial) de acordo com os novos quadros. Agora, estamos aguardando a aprovação das alterações e da criação da filial para abrirmos as benditas contas e, assim, contratarmos nos bancos os serviços de boleto bancário pela internet.
 
[Trecho sobre os meios para se doar para o Projeto Legado Montort alterado em 25 de agosto de 2011. Seguem abaixo as contas definitivas].
 
Hoje, no entanto, você pode emitir seu boleto pelo sistema do PagSeguro.
 
Ou, se preferir, pode fazer um depósito diretamente em uma de nossas contas bancárias:

Associação Cultural Montfort
CNPJ 62.267.935/0002-77


Banco do Brasil
Agência 6859-4
Conta 5516-6

Banco Bradesco
Agência 3003-1
Conta 142612-5

Banco Itaú

Agência 0047
Conta 65186-4


 
2. A venda das aulas gravadas e dos livros do professor, assim como também outros livros verdadeiramente doutrinários devem estar sendo muito aguardadas pelo público Católico. Não percam tempo, confiem na providência de Deus.
 
Também vamos fazer isso. Mas “quando” só Deus o sabe. Vai depender do ritmo das doações. O tempo do Legado é o tempo das doações.
 
Vender aulas gravadas e livros do Prof., etc. requer duas coisas: dinheiro e pessoas.
 
1.      Dinheiro:
 
a.      Instalação de uma loja virtual no site: para vendermos produtos pelo site, precisamos instalar uma loja virtual nele. Isso demanda serviços especializados que têm seus custos.
 
b.      Investimento na produção de mídias físicas: pode não parecer, mas não é barata a impressão de livros, por exemplo. Para você ter uma ideia, para se ter uma tiragem de mil exemplares em qualidade não muito alta, são necessários cerca de R$ 15 mil.
 
2.      Pessoas: não adianta nada ter o produto à venda no site, se não há alguém para receber o pedido, postá-lo pelo correio e atender o comprador se algo der errado. Tudo isso dá muito trabalho e a experiência mostrou que não dá certo com voluntários. Precisamos de doações para contratar alguém que cuide de nossa loja virtual despachando os pedidos com rapidez.
 
Vinícius, as doações de “dentro” da Montfort, com muito sacrifício, conseguem pagar os gastos de manutenção da sede. Por isso, não temos como colocar recursos nessa iniciativa de vendas. Precisamos das doações de nossos leitores. Quando elas vierem, começaremos a imprimir os livros do Prof. Orlando que o Legado está resgatando e corrigindo (2º Objetivo do projeto) e a produzir os DVDs para vocês (1º Objetivo do projeto). Antes, não dá. Isso demanda recursos de que não dispomos. Isso depende da ajuda financeira dos leitores de nosso site.
 
Mais: você diz: “(…) livros verdadeiramente doutrinários devem estar sendo muito aguardadas pelo público Católico”.
 
E eu respondo: eu também pensava assim, mas creio, hoje, que isso não é verdade. São poucas as pessoas, no Brasil, que realmente colocam dinheiro em projetos católicos sérios. Afirmo-o a partir de minha própria experiência com o Legado: foi muito duro conseguir os R$ 60 mil para gravarmos as aulas com o Prof. Orlando. E R$ 60 mil, pelo tamanho do site, em termos de leitores, não é nada.
 
Além disso, conversando recentemente com dois amigos, fiquei sabendo que seus empreendimentos editorais católicos estão com resultados muito aquém do viável. O primeiro deles é o Prof. Sidney Silveira, da Editora Sétimo Selo, que enceta a publicação de obras de cunho filosófico. E o segundo é o Prof. Alexandre Pinheiro, da Editora Pinus, que tem publicado importantes obras de espiritualidade católica. Ambos vendem menos do que necessitam para que as editoras se sustentem. Ou seja, se elas estão de pé, hoje, é porque eles colocam dinheiro de outras fontes.
 
Por isso, acredite em mim, sua avaliação está errada; o público católico brasileiro, em geral, não gasta dinheiro para estudar ou financiar estudos. A regra, nessa questão, tem sido a seguinte: poucos fazem muito por todos.
 
Vinícius, não é ofensa, mas ideias ótimas como essas e outras já as tivemos aos montes. Temo-las aos montes! No último dia 09, completei dois anos a frente do Legado. Imagine quanta coisa não pensamos nesses dois anos, tendo quase uma obsessão por esse projeto! Para você ter uma ideia, o documento que contém todos os planos do Legado Montfort possui 40 páginas. Estamos apenas precisando de apoio para executá-los…
 
 
***
 
 
Por fim, gostaria de comentar rapidamente essa questão da confiança na providência de Deus, que você levantou: “Não percam tempo, confiem na providência de Deus”.
 
Vinícius, Deus não age na história sem os homens. Mesmos quando esteve entre nós, escolheu doze para perpetuar na história sua obra de salvação.
 
A providência de Deus não é algo mágico. Deus atua, mas os homens precisam, analisando as circunstâncias que os rodeiam, acatar ao bem que se lhes apresenta ao alcance das mãos para que, por assim dizer, a providência de Deus funcione totalmente. Pense na vida dos santos. Pense em São Francisco Xavier, por exemplo: o que teria sido de tantas almas japonesas se ele não tivesse acedido aos conselhos de Santo Inácio? O que teria sido delas se ele tivesse continuado com sua promissora carreira de professor em Paris?
 
Vinícius, Deus faz, mas os homens precisam querer e agir junto com Ele.
 
Por isso, rezo todos os dias a Nossa Senhora para que ela ilumine as inteligências dos leitores do site em relação ao bem enorme que podemos fazer juntos com o Legado, com o Legado da Montfort. E lhes fortaleça a vontade, pois nossa adesão à providência sempre implica sacrifício pessoal, nem que seja, por vezes, de um pouco de dinheiro.
 
Se agrada a ela esse legado, essa luta, como espero de todo meu coração que o faça, a ela que, ao anuir gerar aquele que haveria de redimir a humanidade, aceitou todo o sofrimento decorrente desse ato, teremos certamente as pessoas de que precisamos para continuar e para prosperar em nosso projeto.
 
Você não gostaria de colaborar, Vinícius, de lutar conosco? Você, que acredita no bem que estamos fazendo e nos deseja força?
 
Hoje, para continuarmos o Legado e fazermos o que você sugere, estamos precisando de pessoas dispostas a fazer a boa obra material de uma doação.
 
Com cerca de R$ 48 mil, o primeiro quartil de nosso orçamento anual para 2011, conseguiremos:
 
1.      Terminar a reestruturação do site;
 
2.      Imprimir o livro do Prof. Orlando sobre o Antropoteísmo;
 
3.      Ter uma pessoa para cuidar dos pedidos feitos ao site Montfort ao longo de todo o ano de 2011;
 
Por ora, depois de responder esta sua carta, enquanto aguardamos as doações, vou voltar à revisão do livro do Prof. Orlando sobre o Antropoteísmo.

 
Forte abraço,
 
Guilherme Chenta
Secretário da Montfort – Associação Cultural
Coordenador do projeto Legado Montfort
 
PS: Quando fala do som ruim, você provavelmente deve estar se referindo às aulas gravadas de forma amadora. As últimas, que filmamos em estúdio próprio, depois de termos comprado bons equipamentos com o dinheiro das doações que recebemos, estão com imagem e som excelentes. Confira as últimas aulas que produzimos:
 
1.      Aula 02 – Antropoteísmo: a religião do homem (Parte 1);
 
2.      Aula 03 – Antropoteísmo: a religião do homem (Parte 2);
 
3.      Aula 04 – As três revoluções na Cidade Antiga;

 

 

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Apoio ao Manifesto pela Vida - Orlando Fedeli

Cartas: Marcelo Barros - Orlando Fedeli

Cartas: Hoje sou feliz graças ao Dr. Orlando Fedeli - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais