Montfort Associação Cultural

7 de julho de 2006

Download PDF

Admiração pela equipe do site Montfort

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Márcio
  • Localizaçao: São Paulo – SP – Brasil
  • Escolaridade: Superior incompleto
  • Religião: Católica

Caros irmãos. Que a paz de Jesus e o amor de Maria estejam com vocês.

Dirigo esta carta a todos da Montforft que costumam responder às perguntas feitas pelos leitores, católicos ou protestantes.

Fiquei muito feliz em descobrir esse site que tem me ajudado muito, principalmente sobre dúvidas a respeito da fé e ótima fonte para trabalhos na Paróquia em que participo. Também já fiz algumas perguntas.

Lendo as centenas de cartas que recebem, notei nas respostas de vocês muita firmeza e convicção na fé católica. Confesso ter muita inveja desse posicionamento e gostaria de ser como vocês, principalmente frente aos protestantes.

Para mim, a “suposta” convivência pacífica entre católicos e membros de outras religiões, principalmente protestantes é pura hiprocrisia. Não me excluo disso não, porém, tenho a felicidade de estar do lado certo. A própria Igreja quer manter um diálogo, um ecumenismo, e até entendo que isso se faça necessário para mantermos a paz, mas no fundo eu discordo. Os protestantes chegam a ser até agressivos em defender a fé deles (que sabemos é errada), e nós, muitas vezes, parecemos uns babacas, com receio de enfrentá-los, deixandos-os perceber que estão vencendo. Mesmo que o motivo seja evitar discussões, pois com eles é praticamente impossível qualquer diálogo (o inimigo os cegou de tal forma que até o censo crítico que poderia amenizar o erro deles não possuem mais), não devemos ser fracos.

Tenho muitos familiares próximos, irmão, avó, tia, primos, que são protestantes. Aí o senhor pode imaginar como sou incômodo, ainda mais eu que sou, para o restante da família que graças a Deus é católica, referência religiosa. É com muito orgulho que sempre organizo, junto com a família, eventos religiosos, para terror dos demais e glória ao verdadeiro Deus.

Vejo algumas cartas de protestantes que falam manso, querendo ser amigos (salvo raras exceções), mas no fundo tem pensamentos maus, querem cutucar, pois eles só servem para isso, nos incomodar. E com mais alegria, vejo como vocês percebem isso e respondem sem medo à essas indagações. Deveríamos ser todos assim.

Bom, o objetivo dessa carta não é perguntar nada e sim parabenizá-los pela admirável posição de vocês frente a estas indagações. Mais admirável ainda suas respostas, não se intimidando com as acusaçãoes de agressividade. Tem que ser assim mesmo, firme, consciente. Alguém tem de pará-los e fazê-los entender, por bem ou por mal, que estão errados. Fica meu agradecimento e admiração. Tenho muita vontade em entrar para a Igreja. Padre talvez, mas quero ser como vocês. Firmes e resolutos.

Um forte abraço.
Márcio.

Muito prezado Márcio,
Salve Maria.
 
    Deus lhe pague suas palavras generosas para com a equipe do site Montfort.  Reze para que Deus nos faça realmente como você pensa que somos, pois que a realiddae está bem longe do que imagina, pelo menos no meu caso.
    Recomendo que leia sempre os artigos de Marcos Libório sobre o protestantismo, assim como algumas cartas minhas como a que escrevi em defesa de Nossa sehora contra o Pastor Saul da Lagoinha. (leia mais)
    Deus o guarde na Fé Católica.

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Obrigado Prof. Orlando!

Cartas: Carta de apoio contra o Modernismo na Igreja - Orlando Fedeli

Cartas: Mensagem de apoio

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais