Montfort Associação Cultural

15 de janeiro de 2009

Download PDF

A balança da justiça do PT

Autor: Orlando Fedeli

 
O Ministro de, Justiça do PT, senhor Tarso Fernando Herz Genro, conhecido comunista, pois começou sua carreira política como porta-voz do Partido Revolucionário Comunista (PRC), acaba de dar mais uma prova de que a balança petista que ele usa, tem seus dois pratos completamente desequilibrados. Tão desequilibrados que, se ele vendesse batatas nessa balança, ele seria denunciado e preso, como fraudador de peso.
Dizemos isso por causa da sua recente decisão de conceder asilo político a um italiano que assassinou quatro pessoas, praticando terrorismo na Itália. A Justiça italiana pediu ao Brasil a extradição do assassino Cesare Battisti, ex-militante comunista do PAC (Proletários Armados pelo Comunismo).
Tarso Genro, muito originalmente negou a extradição e colocou o assassino, que estava preso em Brasília, em liberdade, pretextando dúvida sobre a Justiça italiana, e alegando que é tradição brasileira sempre dar asilo político a quem o pede.
Essa decisão do ex-porta voz do partido Revolucionário Comunista a favor do Proletário Comunista Armado Cesare Bettisti, causou escândalo.
Pois não foi esse o critério aplicado pelo governo petista quando dois pugilistas cubanos—que não haviam matado ninguém–, fugiram de uma delegação esportiva e pediram asilo ao Brasil. Nesse caso, a jutiça petista foi célere: despachou imediatamente os dois pugilistas cubanos diretamente para as masmorras do comunista Fidel Castro.
Dois pesos e duas medidas.
Dois pesos pesados – e azarados— e duas medidas legais opostas: para o assassino, liberdade e proteção, porque ele é Proletário Armado Comunista. Para os que fugiram do comunismo castrista, extradição.
E quem sabe se o governo petista ainda não concederá indenização ideológica ao homem que matou quatro pessoas por razões políticas.
Afinal, é preciso ser justo: não se pode dar indenizações a terroristas brasileiros, e  só porque o terrorista é um inocente Proletário Armado Comunista italiano se o deixará injustamente sem esse prêmio?
Seriam dois pesos e duas medidas. Há que praticar a equidade.
A Justiça deve ser igual paar todos.
E as indenizações também.
Quanto aos pugilistas cubanos… Diria Tarso Genro: por que traíram eles a pátria? É o que dá não compreenderem o socialismo.
 
É assim a Justiça do senhor Genro.
Que transforma o Brasil em “casa da sogra”… petista.
E quem deve estar contente com essa “justa” vitória jurídica é o advogado de defesa do comunista Battisti, o inefável Luis Eduardo Greenhalg…
 
São Paulo, 15 de Janeiro de 2009
Orlando Fedeli

TAGS

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais