secoes.gif (2052 bytes)
secoes.gif (2052 bytes)
secoes.gif (2052 bytes)
secoes.gif (2052 bytes)
secoes.gif (2052 bytes)
secoes.gif (2052 bytes)
secoes.gif (2052 bytes)
Montfort

Espaço do Leitor

Perguntas & Respostas | Enviar dúvidas | Livro de Visitas | Assinar Boletim

Pergunta
  • Deuses do Egito e pseudo-transubstanciação

Enviada em: Sexta-feira, 29 de Setembro de 2000 21:25

Prezado Sr. Orlando Fedeli, Salve Maria!

Encontrei em uma página protestante uma história que conta que a doutrina da transubstanciação teve origem no Egito, na época em que o povo adorava o Sol, "O grande deus Osíris". Nos altares egípicios eram servidos "biscoitos" (wafer) feitos de pães ázimos, que eram consagrados pelo sacerdote. Então o "biscoito" tinha sua substância transformada na carne do deus Osíris e era "comungado" pelos fiéis. A página dizia que a Igreja Católica faz a mesma coisa que os egípicios faziam, assim a transubstanciação não tem base bíblica, pelo contrário, seria baseada nesse rital pagão. E ainda que as iniciais IHS (Jesus Hóstia Santa??) na verdade significam Isis, Horus e Seb, deuses egípicios.

Conheço as bases bíblicas sobre a transubstanciação, creio que o Senhor realmente se faz presente. Porém, gostaria de um esclarecimento a respeito de tal ritual egípicio. Ele realmente existiu?

Outra história conta sobre a "adoração" a Virgem Maria, diz que a Igreja Católica faz seus fiéis adorarem uma tal de Semírames e tal de Nironde... Diz que tudo começou quando os sobreviventes do dilúvio se multiplicaram e fundaram a cidade da babilônia. Satanás encontrou sua "virgem", uma linda mulher chamada Semírames, usou-a para levar milhões para o inferno.

Ela se tornou a rainha da babilônia e se casou com Nironde, "historicamente" conhecido como o marido de sua mãe. Ela passou a ser a deusa mãe... E só entendi que eles passaram a ser adorados por inúmeros povos e em cada lugar recebiam um nome diferente e no catolicismo receberam o nome de Maria e Jesus...

Só queria saber se exisitiu alguma deusa chamada Semírames! Apenas isto, o resto nem vale a pena questionar.

Mando-lhe a história em quadrinhos (em inglês) que havia no site.

Obrigado,
Wagner Luís.

 

Resposta

Muito prezado Wagner, Salve Maria.

Vejo bem, por sua carta, que você é católico e que só quer uma confirmação daquilo que você crê.

Semíramis nunca foi uma deusa. Foi uma rainha corrupta do antigo império assírio.
Por aí você vê a seriedade do que dizem esses protestantes que confundem uma rainha com uma deusa.

Quanto à questão da pseudo transubstanciação feita pelos sacerdotes egípcios em nome de Isis, Osiris e Horus, nunca li nada sobre isso e não creio que ela tenha existido na forma que o protestante que você cita a conta. E nunca houve, no Egito um Deus Seb. O inimigo de Osiris era Set e não Seb.

Mas, ainda que tivesse existido essa feitiçaria egipcia, isso só provaria que o demônio é "macaco" de Deus.
Consta que os rabinos cabalistas faziam uma vaca de barro e, por meios mágicos a faziam viver, a matavam e comiam. Isso é citado por Gerschom Scholem, o maior conhecedor da Cabala.
Evidentemente, fazer isto é impossível. O que esses rabinos tentavam fazer era uma imitação diabólica da transubstanciação da Hóstia.

Quanto ao uso das iniciais JHS, que significam Jesus Hominis Salvator (Jesus Salvador do Homem), e que o tal protestante intrepreta como as iniciais de Isis, Horus e Seb -- eliminando Osiris para sua interpretação dar certo --, elas poderiam também ser intrepretadas como alusão ao protestante que inventou essa tolices: Herege Obstinado Satânico.

Como você vê, é fácil inventar absurdos com letras.
Os protestantes só lêem a letra da Escritura. E, como disse Nosso Senhor ,"a letra mata".

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli.

 


Home | Veritas | Cadernos Montfort | Documentos da Igreja
Destaques da Imprensa | OraçõesEspaço do leitor

© Associação Cultural Montfort
Dúvidas relacionadas ao artigos: duvidas@montfort.org.br
Correções e outras informações: webmaster@montfort.org.br